Bandeira da África do Sul

Bandeira da África do Sul

Bandeira do Africa do Sul

A bandeira da África do Sul foi adotada em 27 de abril de 1994. Foi concebida por F. Brownell, Armeiro de Estado. Uma tentativa anterior de criar uma nova bandeira, pedindo sugestões ao público, não se revelou bem sucedida.

A atual bandeira revelou-se um excelente símbolo nacional, mesmo entre os sul-africanos de pele branca, cuja bandeira veio substituir, e pode ser hoje vista com regularidade em vários eventos desportivos e afins.

Composição e Conceito

A bandeira da Africa do Sul é composta de duas bandas horizontais de vermelho (topo) e azul, separadas por uma banda central na cor verde, que tem a forma de um Y  na horizontal, cujos braços terminam nos cantos do lado da tralha (região da bandeira onde esta se prende ao mastro). O Y delimita um triângulo isósceles preto, separado dele por listras amarelas estreitas. As bandas vermelha e azul estão separadas da área verde por listras brancas estreitas.

 

Significado das Cores e Símbolos da Bandeira da África do Sul

Referente as cores, a cor vermelha representa o sangue do povo, a cor azul representa o céu, o preto e o branco identificam as raças negra e branca, a cor verde representa as florestas e o amarelo é o ouro encontrado em seu território. A forma de um “Y na horizontal” da bandeira tem um significado simbólico muito importante, que é a representação de traços opostos que ao se cruzarem seguem o mesmo caminho. Considerando o fim do Apartheid (O Apartheid foi um sistema de segregação da população negra, que esteve em vigor entre os anos de 1948 e 1994, comandado pela minoria da população Branca na África do Sul) , o símbolo carrega a ideia de que brancos e negros, que eram diferentes e separados inicialmente, se unem para caminhar juntos.

 

Avalie esse artigo

Clique nas estrelas para avaliar

Classificação Média 5 / 5. Quantidade de Votos 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.